Inquérito revela que avião da Malaysian Airlines foi abatido por míssil russo

Inquérito revela que avião da Malaysian Airlines foi abatido por míssil russo

 

Lusa/AO Online   Internacional   13 de Out de 2015, 08:19

Investigadores internacionais concluíram que o avião da Malaysian Airlines, com o código de voo MH17, foi abatido por um míssil BUK, de fabrico russo, disparado do leste da Ucrânia, revela hoje um jornal holandês.

O relatório oficial sobre a queda do avião na Ucrânia, a 17 de julho de 2014, que provocou a morte de 298 pessoas, deve ser oficialmente apresentado ainda hoje.

Citando três fontes próximas da investigação, o jornal Volkskrant indica que as conclusões do inquérito liderado pela Holanda, que durou 15 meses, indicam que o avião foi atingido por um míssil BUK terra-ar.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que transportava 298 pessoas a bordo, foi abatido a 17 de julho de 2014 no leste da Ucrânia, numa zona de combates entre separatistas pró-russos e forças governamentais, quando efetuava a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur.

 

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.