Inovação das explorações agrícolas garante sustentabilidade

Inovação das explorações agrícolas garante sustentabilidade

 

Nuno Fontes Sousa   Regional   14 de Dez de 2012, 15:29

O Secretário Regional dos Recursos Naturais, Luís Neto Viveiros, afirmou esta sexta-feira que o nível de inovação atingido nas explorações agrícolas dos Açores permite perspetivar a sua sustentabilidade e competitividade futuras.

Luís Neto Viveiros, que falava na cerimónia de atribuição do Prémio Produtor Excelente 2011, criado pela Associação de Jovens Agricultores Micaelenses (AJAM), em 2005, para distinguir a qualidade na produção de leite, disse ser notório o grau de inovação que as explorações agrícolas apresentam, “resultante de investimentos em boa hora executados, de forma equilibrada, que certamente garantirão no futuro níveis de eficiência fundamentais à sustentabilidade das mesmas”.

Entretanto, também na cerimónia, o presidente da AJAM, Hélio Carreiro, afirmou que os desafios que se aproximam à atividade agrícola são de grande importância, com o vislumbrar do fim das quotas e a transição para a celebração de contratos.

Por outro lado, Hélio Carreiro realçou o facto de o “Prémio Produtor Excelente” ter vindo a abranger cada vez mais produtores, visto que em 2005 foram atribuídos 75 prémios e, este ano, já foram 315 os produtores premiados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.