Conjuntura

Indicador de confiança dos consumidores melhora em julho

Indicador de confiança dos consumidores melhora em julho

 

Lusa/AO online   Economia   30 de Jul de 2012, 10:52

O indicador de clima económico estabilizou em julho e a confiança dos consumidores melhorou em Portugal no mesmo mês, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O indicador de confiança dos consumidores (calculado através de inquéritos a particulares) subiu para -50,4 pontos.

Depois de atingir um mínimo histórico em janeiro (-57,1 pontos), a confiança dos consumidores tem evoluído para valores menos negativos sucessivamente todos os meses.

O indicador de clima económico (calculado através de inquéritos a empresas de vários setores de atividade) estabilizou nos -4,4 pontos.

Os indicadores de confiança do INE são calculados através de médias móveis de três meses dos saldos de respostas extremas a inquéritos. Um número negativo significa que houve mais respostas pessimistas do que otimistas.

No caso do indicador de confiança dos consumidores, o valor continua próximo do recorde negativo, mas tem vindo a aliviar nos últimos meses.

Segundo o INE, “a recuperação do indicador de confiança dos consumidores observada em julho resultou do contributo positivo de todas as componentes, mais expressivo no caso das perspetivas sobre a evolução da situação financeira das famílias”.

Relativamente ao indicador de clima económico, o instituto destaca que estabilização em julho interrompe o “ligeiro movimento ascendente observado após registar o mínimo da série em fevereiro”.

Em julho, de acordo com os dados divulgados, os indicadores de confiança diminuíram na indústria transformadora na construção e obras públicas e nos serviços, ainda que de forma ligeira.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.