Incumprimento dos CTT no correio normal pode levar a descida de preços

Incumprimento dos CTT no correio normal pode levar a descida de preços

 

AOnline/LUSA   Nacional   21 de Set de 2017, 15:12

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) concluiu que os CTT não cumpriram o indicador relativo ao correio normal não entregue no prazo de 15 dias úteis em 2016, pelo que poderão ter de aplicar uma redução dos preços.

Em 15 de setembro, a Anacom aprovou o sentido provável de decisão relativo aos valores dos indicadores de qualidade do serviço postal universal (IQS) verificados pelos Correios em 2016.

O regulador analisou "os indicadores de qualidade de serviço dos CTT relativos a 2016 e concluiu que o indicador relativo ao correio normal não entregue no prazo de 15 dias úteis não foi cumprido", refere, em comunicado a Anacom.

"Em consequência, de acordo com o sentido provável de decisão adotado, os CTT terão de implementar uma redução dos preços em vigor, nos termos da lei", acrescenta.

O sentido provável de decisão foi agora submetido a audiência prévia dos CTT por um prazo de 10 dias, para que estes se pronunciem.

Só após a posição dos CTT é que o regulador tomará a decisão final.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.