Ilha do Faial vai ter centro empresarial orçado em 1,2 ME

Ilha do Faial vai ter centro empresarial orçado em 1,2 ME

 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Set de 2016, 12:17

A Câmara da Horta, na ilha do Faial, vai criar um centro empresarial no mesmo local onde funciona o mercado municipal, obra orçada em 1,2 milhões de euros que visa revitalizar o tecido económico.

 

“Um dos nossos objetivos é dinamizar a nossa economia local. Temos um espaço onde existe o mercado municipal em que, de facto, é necessário revitalizar e inserir empresas com o objetivo de promover os nossos produtos locais”, disse hoje à agência Lusa o presidente do município da Horta, José Leonardo Silva.

O concurso público já foi lançado e a autarquia espera avançar com o investimento, que pretende, também, criar emprego, no próximo ano.

José Leonardo Silva afirmou que o centro de acolhimento empresarial vai, igualmente, ser palco de ‘workshops’, a par do lançamento de produtos, sempre com o objetivo de “animar a economia local”.

“O nosso objetivo é, também, que os nossos empresários vivam o momento atual e se atualizem. Penso que alguns deles 'morrem' porque não promovem a revitalização que é necessária e, esse centro empresarial, inserido no mercado municipal, tem também esse objetivo”, considerou o autarca.

Além de “prestar um melhor serviço à população, com um forte estímulo à economia e ao emprego”, o autarca realçou´, por outro lado, o facto de o centro empresarial ficar inserido no mercado, pelo que vão ser criadas condições para visitas de turistas, uma vez que estes "procuram muito" estes espaços.

O projeto prevê a reformulação de novas áreas cobertas, a ampliação de galerias, novas redes de infraestruturas e espaços de apoio, incluindo estacionamento.

“O projeto vai melhorar as acessibilidades ao local e vamos ter um espaço aberto onde os empresários podem lançar novos produtos”, referiu.

A obra do centro de acolhimento empresarial vai ser financiado em 85 por cento por fundos comunitários, através do programa operacional Açores 2020, sendo a restante verba assegurada pelo município.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.