Ilda Figueiredo garante ser possível impedir desmantelamento das quotas do leite

Ilda Figueiredo garante ser possível impedir desmantelamento das quotas do leite

 

Lusa / AO online   Regional   2 de Out de 2010, 22:06

A deputada comunista ao Parlamento Europeu Ilda Figueiredo garantiu hoje ser possível impedir o desmantelamento, previsto para começar em 2015, do regime de quotas para a produção de leite em vigor na União.

É possível manter esse sistema que “já deu provas de garantir condições aos agricultores que queiram produzir leite”, assegurou a eurodeputada do PCP, desafiando os eleitos à Assembleia da República e o Governo português a “não aceitarem partir para as negociações vencidos”.

Numa conferência de imprensa em Ponta Delgada no termo de uma visita de três dias aos Açores, Ilda Figueiredo sublinhou a particular importância para as ilhas do regime em vigor - “um instrumento vital de defesa do direito de produzir” - , que impõe limites de produção atribuídos aos vários países da União Europeia.

Ao alertar para a necessidade de os agricultores, mesmo em tempo de crise, aproveitarem na íntegra os fundos comunitários disponíveis, que importa “utilizar a tempo e horas”, a deputada comunista referiu que a Região não recorreu a todos os financiamentos ao dispor através do programa POSEI.

“Não foram aproveitadas ajudas referentes as 2008 e 2009”, referiu, sem especificar os montantes em causa.

Ilda Figueiredo defendeu também a criação de novos apoios à agricultura, propondo o lançamento nas ilhas de uma linha de crédito bonificado para ajudar as cooperativas de comercialização de fatores de produção.

Alertou ainda para as dificuldades de financiamento enfrentadas pelo Observatório Vulcanológico dos Açores que ameaçam levar ao seu encerramento.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.