Identificado assassino de Natalia Estemirova


 

Lusa / AO online   Internacional   15 de Jul de 2010, 12:27

Os investigadores russos identificaram o assassino da defensora dos direitos humanos Natália Estemirova, assegurou esta quinta-feira o presidente da Rússia, Dmitri Medvedev, exactamente um ano depois do assassínio, mas sem precisar o nome.
“O executante do assassínio, o assassino, foi desmascarado e identificado com precisão”, declarou Medvedev durante uma conferência de imprensa em Ekaterinburgo, nos Urais, com a chanceler alemã, Angela Merkel, precisando que foi lançado um mandado de captura internacional.

"Uma investigação está em curso para não só estabelecer quem é o assassino, mas também quem encomendou este terrível crime”, adiantou.

Natalia Estemirova, que representava a organização não-governamental Memorial na Tchetchénia, foi raptada e morta a 15 de Julho de 2009, um assassínio que chocou a opinião pública tanto na Rússia como no Ocidente.

A vítima investigava nomeadamente os assassínios cometidos pelas autoridades desta instável república do Cáucaso do Norte.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.