Jogos Olímpicos de Londres2012

Hulk marca mas o 'ouro' é do México

Hulk marca mas o 'ouro' é do México

 

Redação AO/LUSA   Futebol   11 de Ago de 2012, 19:44

O México conquistou hoje a sua primeira medalha de ouro no futebol masculino dos Jogos Olímpicos, ao derrotar na final o Brasil, que, pela terceira vez no jogo decisivo, falhou o jogo do título.

Hoje, na final masculina, o Brasil era claro favorito, mas acabou por confirmar alguns receios e, essencialmente, a tradição, perdendo a terceira final que disputou no torneio olímpico, depois dos falhanços em 1984, derrota com a França, e em 1988, desaire com a União Soviética.

Frente a um conjunto apontado desde o início como o grande candidato ao ouro, o México conquistou a sua primeira medalha de ouro, ao tirar partido do golo de Peralta e de um Brasil muito apagado e desligado do jogo, que nunca conquistou o título olímpico e ficou pela terceira vez com a medalha de prata.

O primeiro golo surgiu logo aos 40 segundos, num lance em que Rafael não foi expedito a desenvencilhar-se da bola e, ao passar a bola a um colega, permitiu a interceção, tendo Peralta recebido a bola à entrada da área e rematado colocado, sem hipóteses de defesa para Gabriel.

O Brasil, assumindo o seu favoritismo, pegou no jogo e tentou dar a volta, tendo o técnico Mano Menezes feito entrar o portista Hulk, aos 30 minutos, para o lugar de outro "dragão", Alex Sandro.

Apesar de assumirem mais riscos e de dominarem a partida, os "canarinhos" não conseguiram aproveitar as diversas ocasiões de golo que dispuseram, perante um México que foi aguentando a vantagem e foi intensificando a aposta no contra-ataques.

Em foi num lance de contragolpe que a equipa mexicana ampliou a vantagem, aos 75 minutos, novamente por intermédio de Peralta, que praticamente sentenciou a partida a favor.

Já mais com o coração do que com a cabeça, os sul-americanos voltaram à carga e viram os seus esforços premiados no primeiro minuto de descontos, com um golo de Hulk.

O tento deu ânimo aos "canarinhos", mas o tempo era inimigo e o encontro chegou ao final com vitória mexicana.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.