Hotelaria desacelera em setembro apesar de acréscimo da procura internacional

Hotelaria desacelera em setembro apesar de acréscimo da procura internacional

 

Lusa/AO online   Economia   14 de Nov de 2014, 11:02

A procura de hotéis desacelerou ligeiramente em setembro, com um total de 5,3 milhões de dormidas, o que significa uma variação de 9,9%, inferior aos 11,3% registados em agosto, apesar do acréscimo do mercado externo.

 

Segundo as estatísticas da Atividade Turística, hoje divulgadas pelo INE, as dormidas do mercado interno aumentaram 10,5% em termos homólogos (1,5 milhões), abaixo dos 16,1% do mês anterior, enquanto a procura de residentes no estrangeiro progrediu 9,7%, para 3,8 milhões, acima dos 8,6% de agosto.

O setor da hotelaria recebeu 1,7 milhões de hóspedes em setembro (um crescimento homólogo de 10,6%), com as dormidas a aumentarem em quase todas as categorias, destacando-se os hotéis (13,3%), pousadas (9,8%) e apartamentos turísticos (9,4%).


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.