Hotéis ficaram mais baratos em 2009 do que há cinco anos atrás


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Abr de 2010, 13:07

Dormir num quarto de hotel ficou mais barato em 2009 do que em 2004, com um preço médio inferior a cem euros, segundo o índice de preços (HPI) do Hotéis.com.

O preço médio de um quarto de hotel ficou 14 por cento mais barato do que em 2008, em resultado do abrandamento económico que forçou os gestores hoteleiros a reduzir os preços para estimular a ocupação.

Monte Carlo foi a cidade mais cara, com um preço médio por quarto por noite de 177 euros (-9 por cento do que em 2008), seguindo-se Abu Dhabi, com 164 euros (-13 por cento) e Genebra, com 163 euros (-12 por cento).

A maior queda registou-se em Moscovo (-41 por cento), fazendo a capital russa deslizar para quarto lughar no ranking dos dez destinos mais dispendidos.

O Rio de Janeiro foi a única cidade desta lista onde os preços subiram: mais 12 por cento entre 2008 e 2009, para uma média de 137 euros por quarto.

Suíça, Dinamarca de Noruega foram os destinos europeus mais caros, apesar de terem tido uma variação anual negativa de, respetivamente, 11, 15 e 20 por cento, fixando-se num preço médio de 135, 116 e 113 euros.

Em 2009, Portugal registou um valor médio de 82 euros, 15 por cento abaixo dos 96 euros cobrados no ano anterior, tornando-se no quinto país mais barato da Europa.

Os países da Europa de leste ficaram no fim da lista com uma quebra de preços que rondou os 20 por cento.

Os países mais baratos foram a República Checa (69 euros por noite em média), a Hungria e a Polónia (ambas com 70 euros).

A Irlanda foi particularmente afetada pela crise económica e viu o preço médio por quarto de hotel a cair 21 por cento, passando de um preço médio de 101 euros em 2008 para 80 euros em 2009.

O Hotel Price Index (HPI®) Hotels.com é um inquérito periódico de preços de hotéis nos principais destinos em todo o mundo, baseado nas reservas feitas através do site Hotéis.com

Os preços são recolhidos em cerca de 94.000 estabelecimentos em mais de 16.000 locais.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.