Hotéis em São Miguel com ocupação de 80% a 90% para as festas do Santo Cristo

Hotéis em São Miguel com ocupação de 80% a 90% para as festas do Santo Cristo

 

Lusa/AO Online   Regional   29 de Abr de 2016, 08:36

A taxa de ocupação na maioria dos hotéis da ilha de São Miguel atinge neste fim de semana 80% a 90% devido às festas do Santo Cristo, em Ponta Delgada, segundo a vice-presidente executiva da Associação de Hotelaria de Portugal.

 

“Nesta altura do Santo Cristo, principalmente no próximo fim de semana, as ocupações estão bastante elevadas, entre os 80% e os 90% na maior parte dos hotéis”, afirmou Marta Sousa Pires.

Apesar de um cenário de quase lotação esgotada, a também administradora do grupo Bensaúde admite que com a liberalização do espaço aéreo o crescimento turístico nos Açores tem-se notado mais nas “épocas baixas e médias” do que nestas celebrações religiosas.

“Especificamente para as festas do Senhor Santo Cristo, a diferença não é muita porque, de facto, as ocupações já eram elevadas nos anos anteriores. Agora, o que tem havido é a procura exponencial durante estes últimos meses devido às ‘low cost’. Temos assistido a um aumento de procura generalizado”, garantiu.

As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres motivam também a procura de outros serviços, nomeadamente na área do aluguer de viaturas.

“Este ano, ao nível de reservas, sobretudo para esta semana e para a próxima semana, temos uma taxa de ocupação na ordem dos 80%”, adiantou Horácio Franco, empresário da área de aluguer de automóveis e membro da mesa de turismo da Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada.

Para Horácio Franco, as companhias aéreas de baixo custo, que começaram a voar para os Açores a 29 de março de 2015, são responsáveis pelo aumento de turistas, com benefício para vários setores de atividade.

“O Santo Cristo é sempre uma altura muito procurada, mas, obviamente, agora nota-se mais, com maior disponibilidade de lugares nos aviões”, disse.

Entretanto, o secretário regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, deu conta de que na semana que antecede as festas há “cerca de 18.500 lugares, por via aérea, nas ligações do exterior para a região, o que representa um incremento superior a 4% em relação ao ano anterior e 7.700 lugares no [serviço] inter-ilhas”.

As festas do Santo Cristo atraem anualmente a Ponta Delgada milhares de peregrinos oriundos de todas as ilhas do arquipélago, de vários pontos do país e das comunidades de emigrantes espalhadas pelo mundo.

Um dos momentos mais aguardados é a procissão de domingo, que começou por iniciativa da madre Teresa D'Anunciada. A freira introduziu o culto ao Santo Cristo, cuja imagem só deixa o convento uma vez por ano, no quinto domingo após a Páscoa.

A procissão de domingo percorre as ruas da cidade com a imagem do “Ecce Homo”, com mais de 400 anos, oferecida às freiras Clarissas pelo papa Paulo III.

No dia antes, na manhã de sábado, centenas de devotos percorrem de joelhos o Campo de São Francisco, em pagamento de promessas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.