Hospitais demoram 112 dias para pagar a fornecedores


 

Lusa / AO online   Nacional   17 de Ago de 2010, 18:10

O Ministério da Saúde diz que os hospitais demoram 112 dias a pagar aos fornecedores da indústria farmacêutica e não 349, contrariando assim os números tornados públicos na segunda-feira pela associação do sector.
De acordo com os dados do relatório mensal elaborado pela Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (APIFARMA), a que a Lusa teve acesso, as dívidas dos hospitais à indústria farmacêutica subiram dois milhões de euros por dia durante o mês de Julho, para um total de 920 milhões, demorando agora estas unidades de saúde 349 dias para pagar a estes fornecedores.

“O Ministério da Saúde rejeita os valores tornados públicos pela APIFARMA, que não correspondem aos valores apurados pelas diversas instituições do SNS”, refere a tutela numa nota enviada esta terça-feira à agência Lusa.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.