Homem morre em pleno voo para Lisboa com cocaína no organismo


 

Lusa / AO online   Nacional   8 de Jan de 2010, 16:23

Um homem, com 26 anos, morreu sábado durante a aproximação a Lisboa de um voo vindo de Belo Horizonte, Brasil, em virtude da ruptura de uma cápsula de cocaína que trazia no aparelho digestivo, anunciou esta sexta-feira a PJ.
Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) refere, através da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, que o homem, de nacionalidade romena e residente em Espanha, sofreu uma "paragem cárdio-respiratória" devido à "intoxicação súbita provocada pela disseminação de cocaína no organismo".

A morte ocorreu "em consequência da ruptura de uma cápsula com produto estupefaciente que ocultava no aparelho digestivo de modo a iludir eventuais controlos alfandegários e/ou policiais", explica o comunicado.

A autópsia médico-legal detectou que a vítima trazia no organismo 70 embalagens com cocaína, num total de 600 gramas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.