Homem morre devido a queda de meteorito


 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Fev de 2016, 14:05

As autoridades indianas dizem que um homem morreu e três outras pessoas ficaram feridas na sequência da queda de um meteorito, o que, a confirmar-se, seria a primeira morte deste tipo na história.

 

No entanto, especialistas indicaram que é possível haver outras explicações para o incidente, que ocorreu no sábado no estado de Tamil Nadu (sul).

O objeto matou o condutor de um autocarro que estava a passar na altura da queda, cujo impacto deixou uma grande cratera no chão e destruiu montras de vidro num edifício próximo.

Imagens de meios de comunicação local mostram uma pedra de tom azulado, que o ministro de Tamil Nadu, Jayalalithaa Jayaram descreveu como um meteorito, mas cientistas dizem que isso ainda não foi provado.

“Um meteorito caiu numa escola de engenharia privada e retirou a vida a um condutor de autocarro”, afirmou o ministro, numa declaração em que expressou choque pelo ocorrido.

S. P. Rajaguru, professor assistente no Instituto Indiano de Astrofísica, em Bangalore, admitiu que a pedra pode ser um meteorito, mas indicou que é necessário realizar mais testes.

Caso se comprove, tratar-se-á da primeira morte de uma pessoa causada por um meteorito, disse o professor.

“A maioria dos meteoros nunca atingem a superfície da Terra, porque eles pulverizam-se completamente na atmosfera”, disse o especialista à agência francesa AFP, por telefone.

“Atingir a superfície da Terra é muito raro e não há registos de mortes”, acrescentou.

Os meteoros são partículas de poeiras e pedras que geralmente se incendeiam ao passarem pela atmosfera da Terra. Aqueles que não se destroem por completo, superando a queda até à Terra, são designados como meteoritos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.