Homem morre a fazer caça submarina na Candelária

Homem morre a fazer caça submarina na Candelária

 

Rui Jorge Cabral   Regional   3 de Abr de 2015, 17:06

Um homem na casa dos 30 anos morreu hoje por volta das 12h30, quando se encontrava a fazer caça submarina junto à costa, na freguesia da Candelária.

 


No último ano, esta é a quarta morte de um mergulhador a fazer caça submarina em São Miguel, depois da morte de um mergulhador em Vila Franca em outubro de 2014, de um mergulhador na zona do Pópulo, em maio de 2014 e de outro mergulhador nas Feteiras, em abril do ano passado.

Números que justificam um alerta quanto aos cuidados que os mergulhadores devem ter quando fazem caça submarina em apneia, sendo relativamente fácil acontecer um acidente, sobretudo quando ainda não se tem muita experiência de mergulho.

O mergulhador que morreu ontem estava acompanhado de um outro que ainda o tentou ajudar, tendo acabado este também por ser ajudado a sair do mar por um terceiro homem que acudiu à situação, já nada podendo os dois fazer para salvar o mergulhador que estava inanimado, segundo adiantou ao Açoriano Oriental o capitão do Porto de Ponta Delgada, Matos Nogueira. 

Nas buscas foi empenhada uma embarcação do ISN atribuída à Capitania do Porto de Ponta Delgada e uma moto de água.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.