EUA

Homem executado por vontade própria no Alabama


 

Lusa/AO online   Internacional   21 de Out de 2011, 11:08

Um homem de 39 anos foi executado "voluntariamente" na quinta-feira no Alabama, no sul dos Estados Unidos, pela morte do filho de seis meses, informaram as autoridades penitenciárias daquele estado.
Julgado em 2006, Christopher Johnson abdicou de advogado de defesa durante o julgamento e pediu ao tribunal que lhe fosse aplicada a pena capital.

No seu testemunho, Johnson disse que espancou e sufocou o filho de seis meses até à morte porque odiava a mulher e não queria estar perto da mãe da criança.

O homem foi declarado morto às 18:25 (00:25 em Lisboa) depois de ter recebido a injecção letal.

Esta foi a sexta execução este ano no Alabama e a 38ª nos Estados Unidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.