Homem encontrado no mar sem vida na ilha Terceira

Homem encontrado no mar sem vida na ilha Terceira

 

Lusa/AO online   Regional   28 de Nov de 2012, 14:17

O corpo de um homem de 31 anos foi encontrado esta quarta-feira no mar após ter desaparecido na madrugada de terça-feira, junto ao Porto de São Mateus, na ilha Terceira.

“Cerca das 10:30, foi detetado um corpo no local onde se presumia que tivesse ocorrido o acidente”, revelou, em declarações à Lusa, o comandante Silva Carvalho, da Capitania do Porto de Angra do Heroísmo, acrescentando que o homem estava “presumivelmente sem vida no local a cinco metros de profundidade”.

Segundo o comandante, duas pessoas saíram de madrugada, na passada terça-feira, numa embarcação com cerca de 3,20 metros, que se terá virado ao largo da freguesia de São Mateus, no concelho de Angra do Heroísmo.

“Uma das pessoas conseguiu nadar para terra e a outra ficou junto da embarcação”, adiantou Silva Carvalho, acrescentando que esta “terá sido recolhida por uma embarcação de pesca que, ao sair, a encontrou à deriva junto do Porto de São Mateus”.

O pedido de auxílio à Capitania chegou por volta das 14:30 (15:30 em Lisboa) desta terça-feira, de acordo com o comandante.

“Iniciámos buscas ontem, cerca das 15:30 (16:30 em Lisboa) para leste e oeste do Porto de São Mateus, com o apoio do helicóptero, mas na tarde de ontem não detetámos qualquer pessoa no local”, frisou.

As buscas foram reiniciadas hoje, pelas 7:00 (8:00 em Lisboa) com duas embarcações e uma mota de água da Capitania e com pessoal por terra da Capitania e dos Bombeiros Voluntários de Angra do Heroísmo, tendo decorrido ainda uma operação de mergulho, realizada pelos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória.

Segundo Silva Carvalho, a Capitania do Porto de Angra do Heroísmo vai realizar um “inquérito de acidente de mar”, que será enviado para o Ministério Público.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.