História das casas dos Açores no mundo reunida em livro

História das casas dos Açores no mundo reunida em livro

 

LUSA/AO online   Regional   21 de Mar de 2017, 13:20

Um livro sobre as 15 casas dos Açores no mundo, da autoria de José Andrade e prefaciado pelo Presidente da República, vai ser lançado na segunda-feira, em Lisboa, foi hoje anunciado

"Este livro pretende prestar homenagem aos açorianos que há tanto tempo levam o nome dos Açores às quatro partilhas do mundo e dignificam a condição açoriana nas sociedades de acolhimento”, declarou à agência Lusa José Andrade.

O autor, ex-deputado social-democrata no parlamento regional, explicou que a publicação, intitulada “Açores no Mundo”, centra-se na história de cada uma das 15 casas dos Açores “no pressuposto que são a entidade mais representativa da açorianidade no mundo”.

Lisboa, Rio de Janeiro, Hilmar (Califórnia), Quebeque, Norte, São Paulo, Bahia, Nova Inglaterra, Ontário, Winnipeg, Algarve, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Uruguai e Bermuda são as localidades onde existem casas dos Açores.

Na obra, José Andrade aborda o processo de emigração dos Açores para o Brasil, Estados Unidos da América, Canadá, Uruguai e Bermuda, e cada uma das casas dos Açores, inseridas nas comunidades de acolhimento, havendo, ainda, uma parte final sobre o Conselho Mundial das Casas dos Açores, na sequência do 20.º aniversário da sua fundação, que se celebra este ano.

José Andrade referiu que o livro pretende, também, comemorar os 90 anos da fundação da Casa dos Açores em Lisboa, que é a mais antiga das 15, onde vai ser lançado no dia 27.

Contando com mensagens do presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, e do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, a publicação inclui, igualmente, depoimentos de Mota Amaral e Carlos César, ex-presidentes do executivo açoriano, e dos embaixadores dos Estados Unidos da América, Canadá, Brasil, Uruguai e Reino Unido acreditados em Lisboa.

Para o autor, os testemunhos institucionais, aliados aos factos recolhidos, fazem com que a obra “preencha uma lacuna” relativa ao levantamento e valorização da diáspora açoriana e das casas dos Açores, que designa de “embaixadas”, de forma particular.

José Andrade, que pretende apresentar o livro, uma edição da Letras Lavadas, na maior parte das casas dos Açores, apresenta ainda uma galeria dos sucessivos dirigentes e uma mensagem do seu atual presidente.

Os Açores possuem uma expressiva comunidade emigrante, concentrada maioritariamente na costa leste e do Pacífico dos Estados Unidos da América, bem como no Canadá, países tradicionais de acolhimento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.