Ambiente

Hillary Clinton espera que EUA façam mais pela redução das emissões de CO2

Hillary Clinton espera que EUA façam mais pela redução das emissões de CO2

 

LUSA/AOnline   Internacional   1 de Set de 2012, 10:33

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, disse na sexta-feira ter esperança de que os Estados Unidos façam mais pela redução das suas emissões de CO2, durante uma visita às ilhas do Pacífico ameaçadas pelas alterações climáticas.

Hillary Clinton, a primeira secretária de Estado norte-americana a participar
no fórum anual das ilhas do Pacífico, prometeu 25 milhões de dólares (19,8
milhões de euros) para ajudar as nações mais vulneráveis à elevação do nível do
mar para fazerem face a esse risco.

A secretária de estado norte-americana disse apoiar as promessas do
Presidente Barack Obama realizadas na Conferência de Copenhaga, em 2009, para
reduzir a emissão de CO2 em 17 por cento até 2020 em relação aos níveis de 2005.

As propostas apoiadas pelo Partido Democrata para a redução dos gases com
efeito de estufa foram rejeitadas no Congresso pelos republicanos, colocando em
causa as conclusões científicas sobre as alterações climáticas e alegando que
tais medidas teriam custos demasiado elevados.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.