Herman José diz que perdeu "um irmão e um amigo"


 

Lusa/AO Online   Nacional   14 de Mar de 2016, 16:45

O humorista e ator Herman José disse que perdeu "um irmão e um amigo", manifestando "gratidão eterna" ao ator e realizador Nicolau Breyner, que morreu hoje aos 75 anos.

 

Atores, humoristas, argumentistas e apresentadores de televisão são várias as figuras públicas que lamentaram, através das redes sociais, a morte do ator e realizador Nicolau Breyner.

"Perdi um irmão e um amigo. Não imagino vida mais útil e mais profícua, a minha gratidão será eterna”, escreveu, na rede social facebook, Herman José, que partilhou, com Nicolau Breyner, no início da sua carreira, o 'sketch' “Senhor Feliz e Senhor Contente”, no programa do ator "Nicolau no País das Maravilhas", transmitido pela RTP, em 1975.

No 'twitter', a atriz Maria Rueff comentou: "Meu querido Nicolau como tudo agora ficou triste...tudo sem graça!".

“Adeus meu querido Nico. Espera por mim no céu, para o tal almoço que tantas vezes adiámos. Já tenho saudades tuas”, escreveu a apresentadora de televisão Teresa Guilherme.

Também o apresentador de televisão Manuel Luís Goucha considerou Nicolau Breyner “um ser maravilhoso”, sublinhando que hoje ficou “muito mais pobre”.

“É com a garganta magoada, com o coração em pranto, que te digo adeus, meu bom amigo. Foste a estrela maior em todos os palcos. No Teatro, na Televisão, no Cinema. E o mais terno e fraterno dos amigos. Não morreste, Nico! És imortal. Quem ama o talento, a cultura, as artes vai continuar a viver contigo no coração. Até breve. Com aquele abraço de sempre!”, escreveu o argumentista e escritor Francisco Moita Flores, que escreveu o argumento de "A Ferreirinha", série que contou com a interpretação de Nicolau Breyner.

Igualmente no 'twitter', a atriz Cláudia Viera manifestou-se “absolutamente incrédula e com um nó gigante na garganta” e o argumentista e humorista João Quadros, co-autor de "O tubo de ensaio", considerou Nicolau Breyner uma “das raras pessoas civilizadas deste meio”.

“Saiu à francesa...como se não nos déssemos conta...Ah, Nicolau, sempre na brincadeira. Mas, desculpa Nico, desta vez, não teve graça”, comentou o humorista Rui Unas no twitter.

No facebook foi criada a página “descansa em paz Nicolau Breyner”, que, no período de uma hora, conseguiu quase cinco mil “gostos”.

O ator e realizador Nicolau Breyner, 75 anos, morreu hoje, em casa, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte da assessoria do ator.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.