Guiné-Conacri pronta para enviar força de paz para Somália


 

Lusa / AO online   Internacional   23 de Jul de 2010, 17:15

A Guiné-Conacri está pronta para enviar um batalhão para a força de paz da União Africana na Somália (AMISOM), anunciou esta sexta-feira em Campala o presidente da comissão da organização, Jean Ping.
“A Guiné-Conacri está preparada para enviar imediatamente um batalhão”, que corresponde a cerca de 800 homens, anunciou Ping em conferência de imprensa.

A AMISOM é actualmente composta por cerca de 6000 militares – 3500 ugandeses e 2500 burundeses -, um contingente ainda inferior aos 8000 militares previstos quando a força foi criada, no início de 2007.

“Vamos rapidamente chegar a mais de 8000, que é o efectivo máximo”, disse Jean Ping, que falava à margem dos trabalhos preparatórios da 15.ª cimeira da UA, que se realiza em Campala entre 25 e 27 de Julho.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.