Grupo Pestana aposta em nova geração de pousadas com maior oferta de dormidas

Grupo Pestana aposta em nova geração de pousadas com maior oferta de dormidas

 

Lusa / AO online   Economia   2 de Dez de 2012, 11:16

A estratégia do Grupo Pestana para a rede de pousadas assenta na entrada de uma nova geração de unidades, com maior capacidade de dormidas e com melhores localizações, que irá substituir as antigas.

 

"A estratégia corresponde a uma recomposição da rede assente na saída" das pousadas "com reduzida capacidade de alojamento, com localizações pouco procuradas e com uma oferta hoteleira escassa e a entrada de uma nova geração de pousadas com dimensões mais ajustadas e com melhores localizações em termos de procura turística", disse à Lusa a diretora executiva do Grupo Pestana Pousadas (GPP), Catarina Santos Amorim.

Desde que a GPP assumiu a gestão da rede das Pousadas de Portugal, foram reduzidas 13 unidades e a Fortaleza do Beliche.

"As pousadas que saíram tinham, em média, apenas 20,6 quartos" e as unidades que iniciaram o seu funcionamento têm uma média de 64,4 quartos".

Esta nova geração de pousadas tem "uma oferta hoteleira mais qualificada e mais diversificada com vista a uma melhor resposta às motivações dos clientes", afirmou a responsável.

Questionada sobre o negócio das pousadas e perspetivas, a diretora executiva disse que a rede encontra-se "condicionada pela conjuntura económica de onde resulta um acentuado decréscimo dos mercados ibéricos e uma situação encorajadora no que toca à procura proveniente dos mercados da Europa central e de Leste, assim como das Américas".

Atualmente, trabalham na rede Pousadas de Portugal cerca de 1.000 colaboradores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.