Economia

Greve geral deverá cancelar mais de 550 voos

Greve geral deverá cancelar mais de 550 voos

 

Lusa/AO online   Economia   22 de Nov de 2010, 16:59

A greve geral de quarta-feira deverá levar ao cancelamento de mais de 550 voos de e para Portugal, caso os controladores aéreos cumpram apenas os serviços mínimos acertados com a NAV, ou seja dois voos para a Madeira e três para os Açores.
Em declarações à Lusa, fonte oficial da ANA - Aeroportos de Portugal adiantou que para a próxima quarta-feira estavam previstos chegar e partir de Portugal continental mais de 550 voos (374 do aeroporto de Lisboa, 141 do Porto e 38 de Faro), sendo esse o número de voos potencialmente afectados pela greve geral. Isto sem contar ainda os voos previstos para os aeroportos da Madeira e dos Açores.

O acordo entre a NAV - Navegação Aérea de Portugal e o sindicato dos controladores aéreos quanto aos serviços mínimos durante a greve inclui dois voos diários entre Continente e Madeira e três para os Açores, além dos voos de emergência, voos militares e voos de Estado.

Este acordo com os controladores, no entanto, não é garantia de que estes voos se realizarão, porque falta saber se haverá pilotos, tripulantes e pessoal de terra para servir estas ligações. Por exemplo, os serviços mínimos acordados em sede de arbitragem com a TAP, ANA, Groundforce e Portway são ainda mais curtos: resumem-se a um voo do Continente para a Madeira e outro para os Açores (bem como os voos de volta).

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.