Espanha

Greve geral da função pública em Espanha adiada por seis dias


 

Lusa / AO online   Economia   17 de Mai de 2010, 18:19

As centrais sindicais espanholas acordaram esta segunda-feira adiar de 2 para 8 de Junho a greve geral da função pública, que visa protestar contra as medidas de controlo do défice, incluindo o corte de cinco por cento nos salários públicos.
A decisão foi tomada numa reunião esta segunda-feira, em Madrid, de representantes das maiores centrais sindicais espanholas, a CCOO, a UGT e a CSI-CSIF.

Os responsáveis sindicais deverão continuar reunidos ainda esta segunda-feira para analisar todo o pacote de medidas de redução do défice que deverão ser formalmente aprovadas em Conselho de Ministros na sexta-feira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.