Greve das IPSS nos 70 por cento

Greve das IPSS nos 70 por cento

 

Carla Dias/AO Online   Regional   2 de Jun de 2010, 13:09

No primeiro dia de greve, cerca de 70 por cento dos funcionários das Instituições Particulares de Solidariedade Social aderiram à paralisação.
De acordo com o SINTAP, os funcionários das creches e jardins de infância foram os que aderiram em massa à paralisação.
No entanto, o sindicalista Orlando Esteves em declarações à Açores/TSF, faz uma estimativa de cerca de 70 por cento de adesão à greve.
O SINTAP não avança no entanto com números concretos, adiantando que só quando a greve, de dois dias, terminar é que será possível fazer uma avaliação mais fiel.
Uma das reividnicações dos funcionários das IPSS, é a equiparação dos educadores de infância aos colegas da função pública. Outra das questões que levou a esta greve, é o pagamento do salário mínimo regional, como explica também Orlando Esteves.
Os funcionários das IPSS voltam a paralisar na sexta feira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.