Aviação

Greve cancela 40 voos

Greve cancela 40 voos

 

Lusa/AO Online   Regional   3 de Jul de 2010, 10:39

Quarenta dos 52 voos inicialmente programados para este Sábado pela SATA-Air Açores nas rotas do arquipélago e entre a Madeira e Porto Santo ficaram por realizar, devido à greve de tripulantes de cabine da companhia iniciada sexta feira.

Segundo referiu à agência Lusa Henrique Martins, vice-presidente do Sindicado Nacional de Pessoal de Voo e Aviação Civil (SNPVAC), que convocou a paralisação alargada até Segunda-feira, o segundo dia de greve voltou a registar uma taxa de adesão de 100 por cento.

José Gamboa, porta voz da companhia que detém o exclusivo das carreiras aéreas entre as ilhas dos arquipélagos dos Açores e Madeira, confirmou que a operação da transportadora se confinou ao cumprimento dos voos definidos pelo tribunal arbitral como serviços mínimos.

Ao longo do dia a SATA-Air Açores garantiu um voo para oito das nove ilhas do arquipélago (apenas não escalou o Corvo) e assegurou uma ligação entre as ilhas da Madeira e Porto Santo.

A greve na SATA-Air Açores, convocada pelo SNPVAC para garantir o cumprimento pela companhia das regras sobre carreiras alegadamente consagradas no acordo de empresa, afecta também os voos das ilhas para Faro e Canárias, não cobertos pelo mecanismo de serviços mínimos.

Segundo dados da SATA, que assegura o respeito integral do acordo de empresa e a legislação aplicável às carreiras dos tripulantes de cabine, nos quatro dias da greve serão afectados cerca de 17 000 passageiros.

Apesar dos problemas causados pela paralisação não se tem registado qualquer situação de conflito nos aeroportos açorianos.

Tanto a SATA como o SNPVAC admitem que essa circunstância terá que ver com o fornecimento antecipado de informação aos passageiros que só se dirigem aos aeroportos quando têm voo confirmado.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.