Grécia contesta alterações no regime de reformas


 

Lusa / AO online   Economia   29 de Jun de 2010, 11:30

Os principais sindicatos da Grécia convocaram para esta terça-feira uma greve geral de 24 horas, a sexta deste ano, num protesto contra as alterações ao regime de reformas anunciadas pelo governo de Atenas.
Os transportes marítimos devem parar a partir das primeiras horas da madrugada e são esperadas também perturbações nos transportes aéreos, o que poderá afectar ainda mais o turismo no país.

Os hospitais vão funcionar apenas para as urgências e as associações de comerciantes pediram aos filiados que encerrem as lojas.

O sector público e os bancos deverão funcionar, mas de forma limitada. As associações representativas dos jornalistas também vão participar no protesto.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.