Governos da zona euro querem acabar com poder das agências de "rating"


 

Lusa / AO online   Economia   3 de Mar de 2010, 10:35

Os governos dos dezasseis países da zona euro querem acabar com o domínio das agências internacionais de notação financeira, através de novas funções do Banco Central Europeu (BCE), escreve esta quarta-feira a imprensa alemã.
O jornal Handelsblatt, que cita fontes próximas do Conselho de Ministros das Finanças da União Europeia (UE), diz que o Banco Central Europeu (BCE) deverá estabelecer um departamento próprio para avaliar o risco de crédito relativo aos países membros.

A zona euro teria, assim, uma alternativa às principais agências de 'rating', como a Fitch, Moody's e a Standard e Poors, salienta o Handelsblatt.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.