Governo Regional da Madeira distingue "mérito" e "liberdade"

Governo Regional da Madeira distingue "mérito" e "liberdade"

 

Lusa/AO Online   Nacional   1 de Jul de 2016, 18:40

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, disse hoje que as oito personalidades agraciadas pelo executivo no Dia da Região Autónoma da Madeira e das Comunidades Madeirenses se destacaram pelo "mérito e liberdade".

 

"Nelas agraciamos o mérito e a liberdade tantas vezes apregoados mas cuja preservação é cimento indispensável à nossa autonomia pelo respeito pela diferença e pelo pluralismo numa dialética democrática", declarou na cerimónia de imposição das insígnias honoríficas da Região, presidida pelo Presidente da República, Marcelo rebelo de Sousa.

Entre as personalidades distinguidas pelo Governo Regional social-democrata de Miguel Albuquerque figuram dois jornalistas - Lília Bernardes (Diário de Notícias) e Tolentino de Nóbrega (Público), já falecidos.

Francis Zino, filho do ornitólogo Paul Alexander Zino, agraciado postumamente com a Insígnia Autonómica de Valor, falou em nome dos distinguidos, manifestando a esperança de que os mesmos sirvam de "estímulo e exemplo para as novas gerações".

Foram distinguidos com a Insígnia Autonómica de Valor (cordão) e, a título póstumo, Paul Alexander Zino, José Tolentino de Oliveira Fernandes de Nóbrega, Lília João Bernardes de Freitas e o médico José António Melvill de Araújo.

A insígnia Autonómica de distinção (cordão) foi atribuída ao ex-conselheiro das Comunidades Portuguesas, Fernando Ludgero da Silva.

Com a Insígnia Autonómica de Bons Serviços e a título póstumo (cordão), foram distinguidos o médico Rui Quintal Gomes da Silva, a empreendedora Ângela Maria Rita de Cassia Mendes da Silva Figueira (medalha) e o enfermeiro e diretor da Casa de Saúde São João de Deus.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.