Governo quer reforçar controlo dos grandes contribuintes fiscais


 

Lusa/AO online   Economia   22 de Nov de 2012, 15:25

O controlo e inspeção fiscal dos "Grandes Contribuintes" com rendimento e património mais elevados vai ser reforçado, segundo um diploma aprovado em Conselho de Ministros que altera a legislação tributária.

O objetivo desta nova medida é "garantir o adequado funcionamento" da Unidade dos Grandes Contribuintes (UGC) da Autoridade Tributária e Aduaneira e "reduzir o risco fiscal de operações complexas", segundo o comunicado do Conselho de Ministros.

O Governo quer criar um "procedimento de assistência pré-declarativa" para diminuir a incerteza quanto à qualificação jurídico-tributária das operações complexas e, no âmbito da resolução da conflitualidade fiscal administrativa, vai atribuir à UGC competência para a decisão das reclamações graciosas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.