Governo não vai decretar requisição civil à greve da TAP

Governo não vai decretar requisição civil à greve da TAP

 

Lusa/AO online   Nacional   23 de Abr de 2015, 18:34

O ministro da Economia anunciou que o Governo não vai decretar requisição civil à greve dos pilotos da TAP, marcada entre 1 e 10 de maio, confirmou fonte do ministério tutelado por António Pires de Lima.

Contactado pela Lusa, fonte do ministério da Economia disse "que o ministro anunciou que o Governo não iria fazer uso da requisição civil".

António Pires de Lima tinha avançado à RTP que o Executivo não iria decretar a requisição civil.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) anunciou hoje que a adesão dos pilotos à greve ascende a 90%, considerando que é um reflexo do sentimento de revolta dos trabalhadores

Os pilotos da TAP marcaram uma greve, entre 01 e 10 de maio, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação no capital da empresa no âmbito da privatização.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.