Função Pública

Governo insiste que situação orçamental não permite subida dos salários


 

Lusa / AO online   Economia   9 de Fev de 2010, 15:44

O Governo insistiu esta terça-feira em que a situação orçamental de Portugal não permite qualquer actualização salarial na administração pública, apesar dos sindicatos estarem contra este congelamento.
"Não há condições para ir além do não aumento dos salários no actual contexto orçamental", frisou o secretário de Estado do Orçamento, Manuel dos Santos no final de uma reunião com a FESAP - Frente Sindical da Administração Pública.

Hoje arrancou a negociação salarial para a administração pública em 2010, que decorrerá até ao dia 10 de Março de acordo com a proposta da calendarização entregue aos sindicatos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.