Governo está a criar quadro legislativo para proteger artesanato

Governo está a criar quadro legislativo para proteger artesanato

 

Lusa/AO Online   Nacional   7 de Ago de 2010, 08:33

O ministro de Estado e das Finanças, Teixeira dos Santos, anunciou hoje que o Governo está a criar um quadro legislativo para proteger o artesanato nacional, garantindo a sua autenticidade e a sua origem.

“Quando alguém compra um galo de Barcelos, quer que seja mesmo um galo de Barcelos, e não um galo ‘made in Vietname’ ou ‘made in China’”, referiu Teixeira dos Santos.

Segundo o governante, o Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social está a criar um quadro legislativo para proteger a atividade artesanal, de forma a evitar que apareçam imitações e, assim, não pôr em risco o sustento dos artesãos.

“No fundo, trata-se de defender os direitos de autor, de pessoas que têm peças únicas, afirmando o trabalho artesanal como uma expressão de criatividade”, acrescentou.

Teixeira dos Santos falava em Vila Verde, onde inaugurou uma exposição de olaria e figurado certificados, assinada por artesãos de Barcelos.

Esta exposição insere-se nas comemorações do 20.º aniversário da Associação de Desenvolvimento Regional do Minho (Adere-Minho).

Na sessão, marcaram presença mais de duas dezenas de artesãos de Barcelos, que ofereceram, cada um, uma peça da sua autoria ao ministro das Finanças.

A primeira oferta foi um mealheiro, que Teixeira dos Santos reconheceu dar muito jeito nos lares portugueses. “É uma peça de que todos nós precisamos em nossa casa. E que não esteja vazia”, brincou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.