Trabalho

Governo elimina medidas de combate ao desemprego

Governo elimina medidas de combate ao desemprego

 

Lusa / AO online   Economia   21 de Jun de 2010, 15:18

O governo elimina a partir de terça-feira várias medidas de combate ao desemprego, entre as quais os benefícios concedidos a empresas que empregassem trabalhadores com mais de 45 anos e as acções de formação para empregados sazonais.
De acordo com a portaria esta segunda-feira publicada em Diário da República, e que entra em vigor na terça-feira, vão ser revogadas “anteriores medidas de carácter temporário que haviam sido tomadas (…) com o objectivo de apoiar as empresas e os cidadãos num período excepcional de crise” no âmbito da redução do défice orçamental.

Entre estas medidas, encontra-se a redução de três pontos percentuais da taxa contributiva para as empresas (até 49 trabalhadores) que empregassem pessoas com 45 ou mais anos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.