Governo dos Açores quer melhores acessibilidades para agropecuária da região

Governo dos Açores quer melhores acessibilidades para agropecuária da região

 

LUSA/AO online   Regional   17 de Set de 2014, 14:36

O presidente do Governo Regional dos Açores considerou hoje que o reforço da competitividade do setor agropecuário na região passa por melhorar as acessibilidades, o que se comprometeu continuar a fazer no próximo quadro comunitário de apoio

"O reforço da competitividade do setor agropecuário passa, naturalmente, por este tipo de investimentos, como a melhoria das acessibilidades às explorações agrícolas, do fornecimento de água e de energia elétrica, nos casos em que se aplica”, declarou Vasco Cordeiro.

O chefe do executivo açoriano fez estas declarações no âmbito da inauguração do caminho rural dos Cedros, nas Flores, integrada na visita oficial à ilha, que hoje termina.

Vasco Cordeiro quer dar “melhores ferramentas” aos agricultores açorianos para produzirem “mais e melhor”, bem como continuar a apoiar as associações de produtores e cooperativas, dando-lhes uma atenção “muito cuidada” para concretizarem os seus objetivos.

No caso da cooperativa Ocidental, que enfrenta dificuldades de viabilidade, o presidente do Governo dos Açores referiu que foi decidido, na reunião do Conselho de Ilha das Flores de terça-feira aprovar um “reforço do apoio técnico” para a ajudar na sua gestão.

Vasco Cordeiro frisou que se pretende que a cooperativa Ocidental “retome o seu caminho” e possa relançar um trajeto que “sirva os objetivos da lavoura da ilha das Flores e do setor agropecuário a nível regional”.

“O fortalecimento dessas instituições acaba por ser, também, o fortalecimento da lavoura, no caso concreto, das Flores, e do setor agropecuário a nível regional”, declarou Vasco Cordeiro.

O presidente do executivo revelou que, no âmbito do novo quadro comunitário para 2014-2020, o Governo dos Açores pretende dar continuidade à disponibilização de apoios ao setor agrícola, através do programa Prorural.

A beneficiação do caminho rural dos Cedros, uma obra do Governo dos Açores no valor de cerca de 516 mil euros, compreende uma extensão de 2.218 metros, que implica 25 propriedades, enquanto a área de pastagem beneficiada é de 40 hectares e, no caso de mata, 12 hectares.

Vasco Cordeiro visitou, ainda nos Cedros, a empreitada de construção do sistema de abastecimento de água à pecuária.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.