Governo dos Açores lança empreitada de 2 ME para unidade de saúde das Flores


 

Lusa/AO Online   Regional   7 de Abr de 2016, 05:58

O Governo dos Açores deliberou lançar o concurso para a beneficiação do edifício-sede da unidade de saúde da ilha das Flores, investimento de dois milhões de euros, anunciou a secretária regional adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares.

 

Na leitura do comunicado do Conselho do Governo, que reuniu na terça-feira à noite em Santa Cruz das Flores, no âmbito da visita estatutária que o executivo termina hoje à ilha das Flores, Isabel Rodrigues explicou que “esta intervenção vai permitir colmatar as falhas estruturais que o edifício apresenta”.

A beneficiação da unidade de saúde era um dos pontos do memorando que o Conselho de Ilha das Flores enviou ao executivo açoriano antes da visita.

Ainda em matéria de saúde, foi autorizada a abertura de um concurso para a admissão de um médico de medicina geral e família, na sequência da aposentação de um dos clínicos e outro para um nutricionista/dietista para a mesma unidade saúde, referiu a governante.

Já no centro de saúde das Flores vai ser implementado, este mês, a Unidade de Cuidados Continuados com capacidade para quatro utentes.

Segundo o comunicado do Conselho de Governo, cuja primeira parte se reporta a deliberações relativas às Flores, o executivo determinou, também, entre outras assuntos, reforçar o número de sessões de esclarecimento para empresários da ilha nas áreas do Código do Trabalho e do número de ações de formação para os agentes económicos relativamente às normas que disciplinam o exercício das atividades nos setores alimentar e não alimentar.

A realização na ilha das Flores de novos cursos de aquisição básica de competências, através da Rede Valorizar, instrumento que permite aos cidadãos uma oportunidade de qualificação e certificação de nível básico, e a promoção de ações de formação para as indústrias alimentares das Flores, na área da doçaria regional e boas práticas na indústria alimentar, são outras das medidas aprovadas.

Isabel Rodrigues adiantou que vai abrir um novo posto da RIAC - Rede Integrada de Apoio ao Cidadão, na freguesia da Fajã Grande, destacando que após a abertura do posto “fica concluído o processo de implementação da RIAC na ilha das Flores, que passará a dispor de quatro lojas”.

O Governo dos Açores determinou, igualmente, a atribuição de diversos apoios financeiros a entidades da ilha, o lançamento da obra de conservação da escola padre Maurício de Freitas, que inclui a substituição da cobertura em fibrocimento com amianto no jardim-de-infância, elaborar o projeto de ordenamento florestal e de melhoria das pastagens baldias, e desenvolver um programa de monitorização permanente da qualidade da água das lagoas.

Nas pescas, a Lotaçor (empresa pública que gere as lotas) fica incumbida de iniciar os procedimentos para a instalação de uma máquina de gelo no porto das Poças, onde deverá ser instalado um armazém destinado a pequenas reparações e manutenção de embarcações, e de construir um tanque de salmoura no entreposto frigorífico das Lajes das Flores.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.