Governo dos Açores inicia nas Flores plano de formação para ativos no Turismo

Governo dos Açores inicia nas Flores plano de formação para ativos no Turismo

 

Lusa/AO Online   Regional   8 de Nov de 2017, 07:39

O Governo dos Açores anunciou hoje que vai iniciar na ilha das Flores o plano de formação de ativos na área do Turismo, visando dotar o setor de competências para responder ao aumento que se verifica nesta área.

“Desta forma, damos mais um importante contributo para dotar o setor das competências necessárias para responder, da melhor forma, ao aumento da procura que se verifica, com a execução de um plano de formação que será, progressivamente, alargado às restantes ilhas”, disse o secretário regional adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias.

O governante apresentava aos jornalistas o comunicado do Conselho do Governo em Santa Cruz das Flores, com que terminou a visita estatutária de dois dias do executivo açoriano à ilha.

O Conselho do Governo autorizou, também, o lançamento do concurso público para a empreitada de requalificação e beneficiação da escola básica e secundária das Flores, um investimento de cerca de 600 mil euros que é uma reivindicação do Conselho de Ilha.

“Os trabalhos a desenvolver incidirão em vãos exteriores, coberturas, paramentos verticais, pavimentos, vedações, telheiros e passadiços e cobertura do ginásio”, referiu Berto Messias.

Ao nível dos portos, foram autorizados os procedimentos necessários para o lançamento da obra de remoção dos blocos no porto de Ponta Delgada, nesta ilha, melhorando “as condições de operacionalidade e segurança daquela infraestrutura portuária”.

Ainda neste porto, com o mesmo objetivo, vai ser instalado o assinalamento marítimo.

O Conselho do Governo deu, igualmente, ‘luz verde’ à empresa pública Portos dos Açores para a empreitada de reabilitação da cabeça do molhe poente do núcleo de recreio náutico do porto das Lajes das Flores, assim como o projeto das novas instalações de apoio aos iatistas neste porto.

“Estas novas instalações irão dotar aquela infraestrutura de melhores condições para os seus utentes, melhorando e valorizando, assim, esta importante infraestrutura marítimo-turística, para captação de mais visitantes”, salientou o secretário regional adjunto.

O Conselho do Governo autorizou, também, “os procedimentos necessários para a construção de um túnel de congelação com capacidade diária de seis toneladas e um novo espaço, devidamente equipado, destinado ao tratamento e transformação de pescado fresco”.

“Desta forma, realizamos um importante investimento de apoio à atividade piscatória e à comercialização de pescado no grupo ocidental, dando seguimento à valorização e melhoria das infraestruturas de apoio a este importante setor económico dos Açores”, referiu o governante.

Entre outras medidas aprovadas e direcionadas para a ilha das Flores que, com o Corvo, formam o grupo ocidental do arquipélago, conta-se o apoio à Cooperativa Ocidental, fábrica de laticínios.

Berto Messias precisou que o apoio é ao “nível da gestão, qualidade e aumento da sua competitividade, bem como o projeto de reconversão e modernização da unidade fabril, com o qual se pretende assegurar a viabilidade e sustentabilidade futuras da mesma”.

“Pretende-se, desta forma, modernizar o sistema de fabrico, com aproveitamento de alguns equipamentos, para melhorar a qualidade dos produtos”, salientou o governante, adiantando que este investimento foi candidatado ao ProRural - Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma dos Açores.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.