Governo dos Açores em Washington na quinta-feira para discutir futuro das Lajes

Governo dos Açores em Washington na quinta-feira para discutir futuro das Lajes

 

Lusa/Açoriano Oriental   Regional   10 de Mai de 2017, 15:50

O presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, participa na quinta-feira, em Washington, na 37ª reunião da Comissão Bilateral Permanente (CBP) entre Portugal e os EUA para discutir a redução da presença americana na Base das Lajes.

"Além de temas regularmente na agenda, designadamente as relações políticas e diplomáticas, as Lajes, a Cooperação em Defesa e a cooperação com os Açores, serão abordadas outras áreas do relacionamento bilateral, como a Economia Azul, a investigação e a inovação", disse à Lusa o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

Além de Vasco Cordeiro, participa no encontro o Diretor-Geral de Política Externa do MNE, Francisco Duarte Lopes, e, em representação dos EUA, o vice-secretário para a Europa Ocidental e a União Europeia do Departamento de Estado, Conrad Robert Tribble.

O MNE disse ainda que os representantes irão "analisar o ponto de situação das relações bilaterais entre os dois países e explorar novas oportunidades de cooperação com foco no Atlântico".

Esta semana, Vasco Cordeiro disse que não podem ser os açorianos a pagar a "fatura ambiental" que resulta da presença dos EUA na Base das Lajes.

"Esse trabalho, na opinião do Governo Regional, tem que ser desencadeado pelos EUA e o nosso próprio país. Isso é outra forma de dizer que o que não pode acontecer é a fatura ambiental ser passada aos açorianos e aos Açores", declarou.

O presidente do Governo dos Açores disse ter uma abordagem "muito cautelosa" em relação aos resultados do encontro e que a sua presença na reunião pretende "dar conta da urgência" que o Governo Regional atribui à questão ambiental.

Vasco Cordeiro disse ainda que já houve trabalho na comissão bilateral que foi desenvolvido com "resultados positivos alcançados" no âmbito laboral, conseguindo-se assegurar rescisões dos trabalhadores por mútuo acordo, em alternativa a despedimentos, no âmbito do processo de "downsizing" (redução de efetivos) da base das Lajes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.