Governo dos Açores diz que estão certificados 20ME da dívida que tem à SATA

Governo dos Açores diz que estão certificados 20ME da dívida que tem à SATA

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Nov de 2014, 05:27

O secretário regional dos Transportes dos Açores disse que estão certificados 20 dos 40 milhões de euros que a SATA pede ao executivo a título de indeminização compensatória pelo serviço público nas ligações aéreas dentro doa arquipélago.

 

Segundo Vítor Fraga, esses 20 milhões de euros estão já incluídos no Plano e Orçamento dos Açores de 2015 "para pagamento e existem mais 15 milhões de euros que estão sujeitos a análise".

O relatório de contas da empresa de 2013 indica que a dívida do executivo açoriano à SATA era de 40 milhões de euros no final do ano passado, mas, ao abrigo de contrato de concessão do serviço público, alguns valores faturados pela transportadora aérea dos Açores têm de ser certificados.

Por outro lado, no caso de anos anteriores, os valores reconhecidos pelo executivo são inferiores aos reclamados pela empresa.

Para resolver a divergência entre valores faturados pela empresa e reconhecidos pelo executivo, foi constituída este ano “uma comissão técnica” com elementos das duas partes para definir os montantes.

Vítor Fraga respondia a questões do PSD, no parlamento dos Açores, na Horta, que esta semana está a debater o Plano e Orçamento regional para o próximo ano.

O deputado do PSD Jorge Macedo voltou a criticar as contas da transportadora aérea, que teve 15 milhões de euros de prejuízos em 2013, atribuindo mais uma vez responsabilidades ao Governo Regional e a alegadas "ingerências" políticas na administração da empresa".

Considerando que o Governo Regional andou "a brincar" com a companhia aérea, Jorge Macedo deu como exemplo da situação do Grupo SATA o "passivo bancário" de 142 milhões de euros em 2013, quando em 2009 era de 30 milhões.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.