Governo dos Açores disponibilizou dois milhões de euros para habitação degradada

Governo dos Açores disponibilizou dois milhões de euros para habitação degradada

 

Lusa/AO Online   Regional   9 de Ago de 2017, 13:58

A secretária regional da Solidariedade Social declarou hoje que o executivo açoriano já garantiu na área da habitação degradada, em 2017, apoio a 155 famílias dos Açores, num montante de cerca de dois milhões de euros.


“Esta é a segunda cerimónia de assinatura de contratos em São Miguel, procedimento que tem tido lugar nas restantes ilhas do arquipélago, permitindo garantir o apoio a 155 famílias num investimento do Governo dos Açores superior a dois milhões de euros”, declarou Andreia Cardoso, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.

A titular da pasta da Solidariedade Social, que falava na assinatura de atribuição de apoios à recuperação de habitação degradada a vários agregados familiares, considerou que estes valores “permitirão conferir a melhoria das condições das habitações, garantindo condições de segurança e salubridade às 33 famílias beneficiárias”.

Para a governante, os apoios agora disponibilizados “representam um importante contributo” para as empresas de construção local que “também vão beneficiar com esta dinâmica”.

Andreia Cardoso especificou que serão 107 as pessoas que irão beneficiar destas melhorias nos cinco concelhos da ilha de São Miguel (Ponta Delgada, Ribeira, Lagoa, Povoação e Nordeste), envolvendo 21 freguesias.

“Estas cerimónias também são importantes e são promovidas quando são atribuídos um conjunto de apoios com algum significado, exatamente para sensibilizar que se está a falar de recursos públicos que são geridos pelo Governo dos Açores, que o pretende fazer de forma responsável para além de uma avaliação criteriosa de cada um dos pedidos”, afirmou.

A responsável alertou os beneficiários para a necessidade de serem “coerentes com o pedido que formularam” e que “canalizem os fundos para os fins a que se propuseram inicialmente”.

Os beneficiários dos apoios para habitação degradada foram apoiados nos seus processos pelos técnicos da direção regional da Habitação, sendo a execução agora acompanhada também pelo Governo dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.