Governo dos Açores destaca que desemprego baixou para metade em três anos

Governo dos Açores destaca que desemprego baixou para metade em três anos

 

Lusa/AO Online   Regional   10 de Mai de 2017, 14:58

O Governo dos Açores destacou hoje o facto de a taxa de desemprego na região ter baixado para metade em três anos, sendo inferior à média nacional, salientando que o crescimento sustentado do emprego não resulta de programas ocupacionais.

“Conseguimos em três anos reduzir para metade a taxa de desemprego nos Açores no âmbito das medidas que implementamos”, afirmou o vice-presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila, numa reação aos números do desemprego, registados no primeiro trimestre deste ano, divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o INE, as taxas de desemprego da Região Autónoma dos Açores (9,3%), do Alentejo (9,0%) e do Centro (8,1%) situaram-se abaixo da média nacional.

Em relação ao trimestre anterior, à semelhança do sucedido globalmente para Portugal, a taxa de desemprego diminuiu em quatro regiões: Alentejo (2 pontos percentuais), Região Autónoma dos Açores (1,1 pontos percentuais), Área Metropolitana de Lisboa (0,6 pontos percentuais) e Norte (0,6 pontos percentuais).

Citado numa nota do executivo açoriano, o titular da pasta do Emprego e Competitividade Empresarial sublinhou que “existem hoje mais 12.190 açorianos empregados e menos 10.131 açorianos desempregados do que há três anos”.

De acordo com o governante, o crescimento sustentado do emprego e a redução do desemprego não resultam de programas ocupacionais e foram alcançados numa altura em que não há novos programas e o desemprego regista o valor mais baixo dos últimos oito anos.

"Este crescimento do emprego é ainda mais significativo porque, neste momento, o número de açorianos empregados é o mais elevado dos últimos oito anos, mesmo tendo aumentado a população ativa", realçou Sérgio Ávila, frisando que “a resposta é dada hoje” aos que na altura questionaram a eficácia das medidas inscritas na Agenda Açoriana para a Criação de Emprego e Competitividade Empresarial.

Numa visita ao espaço da Feira Açores, numa grande superfície comercial de Ponta Delgada, Sérgio Ávila acrescentou que a criação de mais emprego resulta também de uma “ação conjunta das empresas e dos trabalhadores açorianos, que souberam aproveitar as oportunidades”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.