Governo dos Açores concede aval de 40 ME à empresa pública regional da Saúde

Governo dos Açores concede aval de 40 ME à empresa pública regional da Saúde

 

Lusa/AO Online   Regional   1 de Ago de 2014, 08:11

O Governo dos Açores aprovou o quarto aval deste ano à Saudaçor, a empresa pública do setor da Saúde, no valor de 40 milhões de euros, segundo uma resolução publicada hoje no jornal oficial da região.

O executivo regional sublinha, no texto da resolução, que a empresa "se encontra a negociar a contratação de financiamentos no âmbito da gestão do Serviço Regional de Saúde (SRS) de modo a otimizar os recursos e assegurar a continuidade da prestação dos serviços de saúde pelo SRS".

No final de junho, o Governo dos Açores concedeu à Saudaçor um aval de 100 milhões de euros para uma emissão obrigacionista destinada a amortizar outros empréstimos, que foi concluída com êxito no início deste mês.

A 06 de junho foi divulgada a concessão de um aval à empresa no valor de quatro milhões de euros e a 18 de março um de 12,1 milhões de euros, justificados por a Saudaçor estar a "negociar a contratação e reestruturação de financiamentos”.

No jornal oficial dos Açores de hoje estão publicadas mais duas portarias em que o Governo açoriano concede avais a outras duas empresas públicas regionais.

Um deles é para a Lotaçor, a empresa que gere as lotas da região, e tem um valor de quatro milhões de euros.

O Governo dos Açores justifica que a empresa "se encontra a negociar a contratação de financiamentos de modo a reduzir custos e otimizar recursos".

O terceiro aval hoje publicado é para a SPRHI – Sociedade de Promoção e Reabilitação de Habitação e Infraestruturas e tem um valor de 1,77 milhões de euros.

Neste caso, o aval é justificado por a SPRHI ter visto aprovadas duas candidaturas "aos programas criados pelo Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) denominados 'Reabilitar para Arrendar' e 'ProHabita'".

"As candidaturas aprovadas determinam dois financiamentos no valor de 1.777.134 euros" e "a concessão de um aval é condição necessária à efetivação das referidas operações", explica o texto.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.