Governo dos Açores aumenta vagas do regime de incentivos à fixação de médicos

Governo dos Açores aumenta vagas do regime de incentivos à fixação de médicos

 

Lusa/AO Online   Regional   27 de Out de 2014, 09:30

O Governo dos Açores vai aumentar este ano as vagas do regime de incentivos à fixação de médicos no arquipélago açoriano, passando a abranger um total de 60 clínicos para os Hospitais e Unidades de Saúde de Ilha.

 

Segundo um despacho publicado hoje em Jornal Oficial, passam a estar previstos incentivos para "24 médicos de especialidades hospitalares, 17 de medicina geral e familiar e 9 de saúde pública", acrescentando o executivo açoriano que a necessidade de rever o número de incentivos a conceder no corrente ano que se encontrava fixado no Despacho "surge na sequência da procura registada junto dos hospitais e das unidades de saúde em especialidades não previstas inicialmente ou em maior número que o esperado".

Assim, para o Hospital de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, "estão consideradas para efeitos dos incentivos as especialidades de Anestesiologia, Ginecologia e Obstetrícia, Imagiologia, Urologia, Patologia Clínica, Dermatologia e Hematologia Clínica".

No caso do Hospital da Terceira, "está prevista a concessão de incentivos para médicos das especialidades de Anatomia Patológica, Anestesiologia, Cardiologia, Ginecologia e Obstétrica, Medicina Intensiva, Nefrologia, Oncologia, Urologia e Patologia Clínica".

Na Horta, ilha do Faial, "estão consideradas as especialidades de Cardiologia, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, Imuno-Hemoterapia, Medicina Interna, Medicina Física e Reabilitação, Ortopedia, Urologia, Nefrologia, Imagiologia, Psiquiatria e Anestesiologia", segundo uma nota do Governo regional sobre o despacho.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.