Governo dos Açores anuncia ampliação do porto da ilha do Corvo

Governo dos Açores anuncia ampliação do porto da ilha do Corvo

 

Lusa/AO online   Regional   19 de Set de 2014, 16:31

O Governo dos Açores anunciou que vai dar indicação à empresa "Portos dos Açores" para lançar a empreitada de ampliação e alargamento do porto da Casa, na ilha do Corvo, reivindicada pela população.

 

“A empreitada inclui o prolongamento do cais em 40 metros, o aumento da plataforma de parqueamento de embarcações em seco em 900 metros quadrados, a recuperação da rampa de varagem, a dragagem da bacia de manobra e a construção de um armazém de apoio para a desconsolidação de mercadoria contentorizada”, afirmou a porta-voz do Conselho do Governo, Isabel Rodrigues.

A secretária regional Adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares, no final do Conselho do Governo dos Açores após a visita de dois dias do executivo açoriano à ilha do Corvo, anunciou ainda a recuperação de um imóvel que irá servir para instalar os serviços multiusos da Rede Integrada de Apoio ao Cidadão (RIAC), empreitada orçada em 225 mil euros, que terá um prazo de execução de nove meses.

A porta-voz do Governo revelou que vai ser celebrado um protocolo com a Câmara Municipal do Corvo que visa a utilização, gestão e melhoramento do polidesportivo, que será fechado, bem como outro, com a mesma entidade, para aplicar um piso naquela infraestrutura que seja adequado à prática desportiva.

Isabel Rodrigues disse, por outro lado, que a Santa Casa da Misericórdia do Corvo vai ser apoiada num valor de 700 mil euros para reabilitar os serviços de apoio ao lar de idosos e ampliação do edifício da instituição.

Isabel Rodrigues frisou que, ainda no âmbito da Santa Casa da Misericórdia do Corvo, vão ser apoiadas as obras de reabilitação da creche e jardim-de-infância e a compra de uma viatura para transporte de idosos e crianças.

A porta-voz do executivo revelou ainda, entre outras medidas, que a Unidade de Saúde do Corvo vai sofrer obras de beneficiação no valor de 60 mil euros, bem como que foi cedido à Câmara Municipal do Corvo um terreno para a instalação do museu Casa do Bote Baleeiro.

Nos últimos quatro dias, o Governo dos Açores visitou oficialmente as ilhas das Flores e Corvo, ao abrigo do que determina o estatuto da região.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.