Governo do Japão sobe orçamento para 843 mil milhões de euros para fazer face a despesas de reconstrução


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Dez de 2011, 10:29

O sismo e tsunami de março no Japão, que provocou o maior acidente nuclear do mundo nos últimos 25 anos, fez subir o orçamento do país para 201272013 para 96 biliões de ienes (943 mil milhões de euros).

Com o país a enfrentar os custos da recuperação das zonas afetadas, bem como para descontaminar toda a região afetada pela libertação de radiação da central de Fukushima, o Conselho de Ministros japonês aprovou hoje o orçamento entre abril de 2012 e março de 2013.

Para fazer face às despesas e ao financiamento do orçamento, o Japão vai aumentar a divida para 49 por cento da sua receita anual, o nível mais elevado de sempre.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.