Presidente do Governo inaugurou creche no Nordeste

Presidente do Governo inaugurou creche no Nordeste

 

Lusa/AO Online   Regional   14 de Mai de 2016, 16:23

O presidente do Governo Regional dos Açores anunciou hoje que foram investidos, nesta legislatura, cerca de 11,4 milhões de euros em equipamentos destinadas à infância e juventude em várias ilhas, permitindo concluir a cobertura dos 19 concelhos.

“Nós durante esta legislatura, que está já no ano que a conclui, investimos cerca de 11,4 milhões de euros só em equipamentos destinados à infância e juventude”, afirmou Vasco Cordeiro, durante a inauguração da creche da Santa Casa da Misericórdia do Nordeste, na ilha de São Miguel.

O chefe do executivo açoriano referiu que este investimento, que também apoia diretamente as famílias açorianas, permitiu que mais de 700 crianças nas ilhas de São Miguel, Santa Maria, Terceira, São Jorge, Faial e Graciosa ficassem abrangidas por este tipo de infraestrutura.

Vasco Cordeiro referiu que com a inauguração da creche da Santa Casa da Misericórdia do Nordeste, um investimento de cerca de 650 mil euros com capacidade para 20 crianças, fica concluída a cobertura dos 19 concelhos dos Açores com este tipo de equipamento.

Para o governante estas são medidas de “grande alcance social”, que contribuem também “para responder aos desafios demográficos que se verificam na atualidade”.

Durante a cerimónia Vasco Cordeiro revelou, ainda, que a partir de 01 de junho entrará em funcionamento um lar residencial na freguesia da Salga, concelho do Nordeste, com capacidade para oito utentes.

“Foi uma estrutura inicialmente concebida para centro de noite, mas que entendemos que pode dar uma resposta mais atuante, mais atualizada se for direcionada para esta valência”, explicou Vasco Cordeiro, acrescentando que desta forma fica colmatada uma necessidade que havia neste concelho.

O presidente do Governo terminou a sua intervenção destacando a parceria que existe entre o Executivo e as diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social na região, manifestando que se assim não fosse “não teríamos as condições para ter, nos Açores, a rede de solidariedade e de apoio social que temos”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.