Governo defende estudo do desempenho histórico de ilhas mais pequenas

Governo defende estudo do desempenho histórico de ilhas mais pequenas

 

Lusa/AO online   Regional   14 de Mai de 2018, 16:32

O titular da pasta da Cultura do Governo dos Açores defendeu esta segunda-feira o estudo do desempenho histórico de outras ilhas do arquipélago além de São Miguel e Terceira, as maiores, que considerou também relevantes para conhecer a realidade insular.

Para Avelino Meneses, que falava na Horta, na sessão de abertura do colóquio 'O Faial e a Periferia Açoriana nos Séculos XV a XX', o “entendimento do conjunto obriga à averiguação das partes, sob pena da exclusão de ilações importantes, mesmo essenciais”.

O secretário regional da Educação e Cultura, citado pelo gabinete de imprensa do Governo dos Açores, referiu que a região “evidencia algumas características comuns” que conferem “um traço de unidade” e que são, ao mesmo tempo, “o império da diversidade se consideradas as assimetrias da natureza e as incidências da história”.

Avelino Meneses, que enumerou o desempenho histórico de ilhas como Santa Maria, Flores, Corvo, Pico e Graciosa, apontou, dadas as particularidades de cada ilha ou zona, o fundo do mar no grupo ocidental (Flores e corvo) como o “santuário” da arqueologia naval internacional.

De acordo com o governante, nos últimos 25 anos, com a realização de seis colóquios e a publicação de mais de 4.000 páginas de comunicações e conferências, este colóquio tem contribuído para um “maior volume de informação acumulada” sobre todas as ilhas do arquipélago.

O secretário regional adiantou que tem sido “possível derramar mais luz sobre os vestígios do passado, explicar melhor as contingências do presente e aconselhar melhor na gestão do futuro”.

O colóquio, que surgiu em 1993 por iniciativa do Núcleo Cultural da Horta com a assessoria do CHAM – Centro de Humanidades ligado às universidades Nova de Lisboa e dos Açores, visa estimular a investigação, o debate e a divulgação de temas de natureza histórica, essencialmente relacionados com as ilhas de Santa Maria, Graciosa, São Jorge, Pico, Faial, Flores e Corvo.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.