Governo da Madeira atribui insígnias a dez personalidades no dia da Região


 

Lusa/AO Online   Nacional   28 de Mai de 2015, 19:51

O Conselho de Governo da Madeira decidiu hoje atribuir insígnias honoríficas a dez personalidades, três das quais a título póstumo, por ocasião do Dia da Região e das Comunidades Madeirenses, que se assinala a 1 de julho.

Paulo Martins, que foi líder da UDP e do BE, Baltazar Gonçalves, um dos fundadores do CDS-PP na Madeira, e o artista e investigador António Aragão receberão as insígnias a título póstumo, numa cerimónia em que também serão homenageados Emanuel Jardim Fernandes (antigo líder do PS), Rui Nepomuceno (militante do PCP), Óscar Fernandes (antigo deputado do PSD), Luíza Clode (diretora do Museu de Arte Sacra do Funchal), Mário André Rosado (músico), Ricardo Gouveia (artista plástico mais conhecido por Rigo) e José Agostinho Baptista (poeta).

"Como homenagem que é, o que importa é atender ao trabalho feito, sem qualquer tipo de complexo, porque não há nenhuma disciplina partidária no que diz respeito a esta matéria", salientou Eduardo Jesus, secretário regional de Economia, Turismo e Cultura e porta-voz da reunião do executivo.

O Governo regional decidiu, por outro lado, celebrar um protocolo com Centro Cultural e Desportivo Luís de Camões, tendo como finalidade a prestação de serviços de acolhimento, acompanhamento e alojamento temporário da população residente no Porto Santo, que se desloque ao Funchal, para consultas e/ou tratamentos.

O executivo de Miguel Albuquerque decidiu, também, oficializar a transferência para a Associação de Promoção de Madeira das competências em matéria de promoção da região como destino turístico. A uniformização da estratégia de promoção tem como objetivo principal a afirmação do destino nos vários mercados emissores.

"Além disso, a medida pretende também capitalizar o bom trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos anos por esta entidade", salientou Eduardo Jesus.

Governo Regional da Madeira decidiu, ainda, lançar o Programa de Eficiência Energética na Administração Pública, já criado ao nível nacional, visando criar condições para o desenvolvimento de uma política de eficiência energética nos serviços públicos.

Na reunião de hoje, o Conselho do Governo da Madeira resolveu atribuir um louvor ao Clube Futebol União pela subida à I Liga de Futebol Profissional, bem como a Sir Ronald McIntosh, cidadão escocês, pela sua "ação filantrópica exemplar", que permitiu a recuperação da Capela da Penha de França.

O executivo decidiu ainda promover a partir do próximo ano, integrado nas Comemorações dos 600 anos da Descoberta da Madeira, um programa de ações e de exposições, evocativas da vida e obra do poeta Herberto Helder.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.