Governo chinês admite que sismo tenha feito centenas de mortos e milhares de feridos


 

Lusa/AO online   Internacional   8 de Ago de 2017, 17:00

O governo chinês diz que o sismo de magnitude 6,5 na escala de Richter registado na região sudoeste da China pode ter causado uma centena de mortos e milhares de feridos, bem como danificado muitas casas.

Num comunicado divulgado na sua página oficial na Internet, a comissão nacional responsável pela gestão de catástrofes informou que cerca de 130 mil casas terão ficado danificadas e admitiu a possibilidade de existirem pelo menos uma centena de mortos e milhares de feridos.

O comunicado foi elaborado com base numa análise preliminar do sismo que atingiu uma região montanhosa na fronteira das províncias de Sichuan e Gansu.

Os serviços chineses geológicos indicaram que o sismo ocorreu às 21:20 locais (14:20 em Lisboa) perto de Jiuzhaigou, um parque natural conhecido pelas quedas de água e pelas formações rochosas.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.