Governo avança com criação de Centro de Segurança do Atlântico nas Lajes

Governo avança com criação de Centro de Segurança do Atlântico nas Lajes

 

Lusa/AO online   Regional   16 de Jan de 2018, 17:38

O ministro da Defesa Nacional disse hoje que o Centro de Segurança do Atlântico, a criar nas Lajes, Açores, vai agregar as competências dos três ramos militares e envolver outros países.

De acordo com Azeredo Lopes, “está pronta a resolução do Conselho de Ministros que irá responsabilizar o governo por este projeto”, que estará localizado na base das Lajes, Açores, uma decisão “lógica e política”, que tem o apoio dos EUA.

“É importante que contemos com o apoio dos EUA, esse apoio parece garantido”, disse Azeredo Lopes, adiantando que o projeto visa envolver outros países num “centro multinacional qualificado” para a “segurança marítima”.

O Centro de Segurança do Atlântico “valorizará o empenho da Defesa nos Açores e qualificará as competências dos três ramos” das Forças Armadas, disse Azeredo Lopes, durante uma audição na comissão parlamentar de Defesa Nacional.

Num encontro em setembro do ano passado, o ministro da Defesa português propôs ao secretário da Defesa norte-americano, James Mattis, a criação de um centro na base das Lajes vocacionado para o estudo, formação e treino de militares na área da segurança marítima.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.